Logomarca
Bem vindo ao nosso website!
Belo Horizonte/MG, domingo, 17 de dezembro de 2017

Viagem de ônibus

Transporte interestadual e internacional


Se informe com antecedência sobre os serviços da transportadora turística, como horários de partida e de chegada, número de paradas durante o percurso, segurança, roteiros, bem como serviços de atendimento ao cliente oferecidos pela empresa aos usuários.

Cuidados com o bilhete

Guarde sempre o bilhete de passagem e o tíquete da bagagem: eles sào a sua garantia em caso de acidente pessoal, e em caso de extravio ou dano na bagagem, você terá direito à  indenizaçào da empresa de ônibus.

Cuidados com a bagagem

Coloque etiquetas com seu nome, telefone, endereço de origem e de destino, por dentro e por fora das bagagens e leve sempre documentos, valores e aparelhos de uso pessoal, como rádios e celulares, sempre em bagagem de mão.

Seja prático em suas viagens: leve apenas o necessário. O limite de bagagem por passageiro é de, no máximo, 300 decímetros cúbicos, o que equivale a 1 metro de largura ou 30 kg de peso.

Caso você esteja transportando itens de valor, como presentes ou aparelhos eletrônicos, leve consigo as notas fiscais de compra. Antes de embarcar, exija a identificaçào da bagagem pela transportadora e guarde o tíquete correspondente.

Seguro

Ao viajar de ônibus, você está automaticamente coberto pelo Seguro Obrigatório Contra Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) e pelo Seguro de Responsabilidade Civil. No entanto, é aconselhável que você faça um seguro pessoal e de bagagem. Confira com a agência de turismo os vários tipos de seguro disponíveis para cada caso.

Crianças

Crianças de até 6 anos podem viajar gratuitamente, desde que nào ocupem poltrona e sejam respeitadas as leis relacionadas ao transporte de menores. No Brasil, crianças de até 12 anos só podem viajar sozinhas com autorizaçào do Juizado de Menores. Maiores de 12 anos podem viajar sem acompanhantes, desde que estejam com seus documentos.

Desistência

Caso o passageiro desista da viagem, poderá restituir o valor pago ou revalidar o bilhete, trocando-o por uma passagem em outro dia ou horário, desde que comunique a empresa de ônibus, com, no mínimo, três horas antes do horário de embarque. Sempre que possível, faça o comunicado por escrito e exija a comprovaçào de recebimento da empresa.

Mais dicas

A empresa transportadora é responsável pelo conforto e pela segurança dos passageiros, desde o embarque até o destino final, de forma eficiente e adequada, respondendo por todo o prejuízo pessoal ou material. Caso a viagem tenha sido realizada em condições inferiores ao que foi contratado, o passageiro também pode exigir a restituiçào da diferença do valor do bilhete.

Se você tiver alguma dúvida, reclamaçào ou denúncia, procure a Sala de Apoio à  Fiscalizaçào da ANTT, nos principais terminais rodoviários do País, ligue no 0800 61 0300, ou entre no site ANTT - Fale Conosco.

Viagem de carro


Antes de pegar a estrada, confira estas dicas para fazer uma viagem tranquila, agradável e segura.

Você já sabe: se for dirigir nào tome bebida alcoólica, nem use medicaçào que afete os seus sentidos. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico sobre o uso de medicamentos antes de pegar a estrada.

Segurança é fundamental. Confira os principais itens de segurança do veículo: pneus, freios, direçào, suspensão, parte elétrica inclusive, o nível de água e de óleo do motor. Não esqueça também de verificar os cintos de segurança, item de uso obrigatório para todos os ocupantes do veículo. Na dúvida, consulte sempre profissionais e oficinas especializados.

Quais documentos devo levar na viagem?

Leve sempre com você a Carteira Nacional de Habilitaçào e o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo original ou cópia autenticada pelo DETRAN. Lembre-se de verificar se o licenciamento do veículo e o seguro obrigatório nào estão vencidos. No caso de trailers ou carretas, leve os documentos correspondentes e, se for o caso, a carteira e o telefone de sua seguradora.

Nas viagens para fora do país, é obrigatória a contrataçào do Seguro Internacional Contra Terceiros, conhecido como Carta Verde; uma apólice com validade restrita ao tempo da viagem e de cobertura no exterior. Consulte uma corretora de seguros.

Dicas Importantes

Viagens longas

Antes de fazer viagens longas, descanse bastante e faça refeições leves, evitando a sonolência. Se possível, reveze a direçào do veículo com outro motorista durante o trajeto. Evite dirigir por muitas horas e faça paradas regulares, mesmo que nào esteja cansado. Respeite sempre a sinalizaçào e a legislaçào de trânsito.

Acidentes

Mantenha a calma e a conduçào defensiva do veículo nas proximidades do local do acidente. Se já houver pessoas prestando socorro, prossiga a viagem e comunique o fato à s autoridades, como Polícia Civil, Concessionárias ou acione a Emergência 191. Evite mexer nas vítimas, nem permita que outras pessoas removam as pessoas acidentadas, o que pode causar ou agravar lesões. Aguarde o atendimento médico ou paramédico, sinalizando o local com triângulo de segurança, lanternas ou galhos.

Ultrapassagens

Nunca ultrapasse pela faixa da direita, conduza seu veículo a uma distância segura do veiculo da frente e sinalize com o pisca-pisca antes de fazer qualquer manobra ou ultrapassagem. Vale lembrar que é proibido ultrapassar em curvas e passagens de nível, trevos e lombadas. Respeite a vida.

Dirigindo na chuva

Ao menor sinal de chuva, redobre a atenção e diminua a velocidade. Se o carro deslizar na pista molhada, fato chamado de aquaplanagem, não pise no freio, nem na embreagem. Tire o pé do acelerador e deixe o atrito do pneu com a água, reduzir a velocidade aos poucos, até você sentir de novo, a tração do carro com o asfalto. Fique atento também a locais onde existem morros e encostas, que podem sofrer deslizamentos e quedas de barreiras.

Animais na pista

Nào buzine, nem sinalize com os faróis para os animais que encontrar na pista ou na rodovia, pois eles podem se assustar e ter reações inesperadas, provocando acidentes. Feche os vidros do carro, passe em velocidade reduzida e avise o posto policial mais próximo ou a concessionária local.

Viajando com crianças

O bebê-conforto é o meio mais seguro para transportar bebês e deve ser utilizado desde o nascimento até a faixa entre 9 kg a 13 kg, dependendo do fabricante. O assento deve ser instalado no banco traseiro, com a criança voltada para o vidro traseiro para evitar o efeito chicote em caso de colisão ou freadas bruscas, o que pode causar lesões graves ao pescoço da criança.

Crianças de 1 a 4 anos e peso entre 9 kg e 18 kg devem usar cadeirinhas próprias, instalado de frente para o movimento. As tiras devem ficar sempre acima dos ombros e ajustadas ao corpo da criança. A cadeira estará bem afixada se não se mover mais do que dois centímetros, do contrário, coloque um clipe ou trava de segurança.

Crianças de 4 a 10 anos e de 18 kg a 36 kg devem utilizar o assento de elevaçào ou booster e presas com o cinto de três pontas. Nesta posição elas ficam mais altas e protegidas no ponto correto, sem correr riscos de acidentes e fraturas, já que o cinto não foi fabricado para o seu tamanho.

Crianças com mais de 36 kg e 1,45m de altura podem utilizar normalmente o banco traseiro e o cinto de três pontos, desde que as medidas do menor respeitem alguns critérios anatômicos, como as costas inteiramente no encosto do banco e joelhos dobrados na beirada do assento, por exemplos. Mais informações consulte a ONG Criança Segura.

Para saber mais sobre ações relacionadas, acesse os seguintes websites:

Assessoria de Comunicação do MTur
imprensa@turismo.gov.br
(61) 2023-7055


PUBLICADA EM: 31/03/2014 16:58:05 | VOLTAR PARA Informações e dicas | OUTRAS PUBLICAÇÕES
FONTE: http://www.turismobrasil.gov.br/mtur.destino/viajelegal/viaje_legal_transporte.jsp


SS Viagens e Turismo

Rua Rio Grande do Norte, 1164 Conj. 102 - Funcionários - Belo Horizonte/MG

Tel.: (31) 3048-1777 - Fax: 3048-1752

E-mail: contato@ssviagens.com.br